Home|Descubra automação, Todos os artigos do|Válvula borboleta: o que é,tipos, funcionamento e aplicações

VÁLVULA BORBOLETA: O QUE É, TIPOS, FUNCIONAMENTO E APLICAÇÕES

A válvula borboleta, pertencente à família de válvulas ¼ de volta, regula o fluxo de fluídos numa tubulação e é constituída de uma haste cuja a extremidade discoide está alocada de modo aderente à uma sede circular. Tipos Lug e Wafer. Funcionamento e aplicações.

> O que é válvula borboleta?
> Tipos de válvula borboleta
> Funcionamento da válvula borboleta
> Aplicações da válvula borboleta

O que é válvula borboleta? 

A válvula borboleta pertence à família de válvulas chamadas de ¼ de volta (um quarto de volta), pois para obter a posição aberta ou fechada não é necessário um giro completo mas apenas um movimento de ângulo 90°. A válvula borboleta é constituída de uma haste que adentra a sede circular da válvula e, uma vez no interior da sede, a haste assume a forma de disco, encaixando-se perfeitamente à sede. O nome válvula “borboleta” se deve ao fato do disco, ligado à haste, se assemelhar a uma borboleta quando descreve o seu movimento giratório.

Tipos de válvula borboleta

Existe uma extensa variedade de válvulas borboleta que podem diferir entre si seja no material de que são feitas: ferro fundido, termopolímeros, cerâmicos e muitos outros que também nas suas dimensões que podem variar de 1,5 a 600 polegadas. Basicamente existem dois tipos de válvula borboleta que servem para grandes vazões e cuja singularidade geométrica permite uma menor perda de carga. São elas LUG e WAFER.  VÁLVULA BORBOLETA DE LUG A versão do design da válvula de borboleta é semelhante a uma válvula de esfera de 3 peças em que uma extremidade da linha pode ser retirada sem ter um efeito no lado oposto. Isso pode ser executado usando inserções roscadas, flanges, juntamente com dois conjuntos de terminais (parafusos) que não utilizam porcas, pois cada flange possui seus próprios parafusos. Também é importante observar que não é preciso desligar todo o sistema para limpar, inspecionar, reparar ou substituir uma válvula borboleta (esse procedimento é necessário com o tipo Wafer).

VÁLVULA BORBOLETA WAFER A função de uma válvula borboleta tipo wafer é reter uma vedação para proteger contra a pressão direcional dupla diferencial no fluxo de fluido. Em outras palavras, a versão de wafer das válvulas de borboleta foi projetada para manter uma vedação hermética, protegendo contra diferencial de pressão bidirecional, a fim de evitar qualquer refluxo em sistemas que foram fabricados para fluxo unidirecional. Isto é obtido usando uma vedação bem ajustada, como um O-ring, gaxeta, usinada com precisão, juntamente com uma face de válvula plana nas seções a jusante e a montante da válvula.

Funcionamento da válvula borboleta

A borboleta é um disco de metal montado em uma haste. Quando o disco é girado na perpendicular bloqueando completamente a passagem do fluído circulante, a válvula está na posição fechada. A vedação se dá quando, no fechamento, o disco pressiona a sede da válvula, comprimindo-a e anulando qualquer possível vazão de passagem do fluído. Já no sentido contrário, a válvula estará totalmente aberta quando o disco é girado um quarto de volta paralelamente ao fluxo para permitir uma passagem quase irrestrita do fluido na tubulação. Ao contrário de uma válvula esfera, o disco vedante está sempre presente dentro do fluxo, portanto, uma queda de pressão é sempre induzida no fluxo, independentemente da posição em que o disco (borboleta) da válvula se encontre.

Válvulas de borboleta são relativamente fáceis e rápidas de abrir pois não requerem um giro completo bastando apenas uma rotação de 90° do cabo, ou volante, para que a válvula se abra ou se feche completamente. As válvulas borboletas grandes são geralmente equipadas com a chamada caixa de câmbio, onde o volante de engrenagens é conectado à haste. Isso simplifica a operação da válvula, mas às custas da velocidade. Válvulas muito grandes requerem um alto poder de torque e pra esta operação é necessário o uso de atuadores pneumáticos ou elétricos que garantam rapidez e eficácia no movimento em comparação à sua operação no modo manual. Daí o largo uso desses equipamentos na automação dos processos industriais.

Aplicações da válvula borboleta 

As válvulas borboleta podem ser usadas para uma ampla gama de aplicações no fornecimento de água, tratamento de efluentes, proteção contra incêndios, suprimento de gás, nas indústrias químicas e petrolíferas, em sistemas de manuseio de combustível, geração de energia etc. Algumas das vantagens deste tipo de válvula são: sua construção simples, não ocupa muito espaço, peso leve e o custo mais baixo comparado a outros projetos de válvula.

As válvulas podem ser operadas por alavancas, engrenagens ou atuadores de acordo com qualquer necessidade específica.

LEIA TAMBÉM

Válvula borboleta com atuador pneumático >>

Borboleta e outras válvulas automatizadas >>

Válvula borboleta: Produtos >>

2019-08-19T16:23:26+00:00

 

ESPECIALISTAS EM AUTOMAÇÃO DE VÁLVULAS

A MELHOR solução EM AUTOMAÇÃO com o MELHOR  custo-beneficio

SOLICITE MAIS informações